ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Mapa do site

ALT + 6

Acesso à Informação

ALT + 7

E-SIC

ALT + 8

Transparência

ALT + 0

Acessibilidade

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possível ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Cpac

Atendimento ao consorciado:

(79) 3449-1934

SEG. À SEX. DAS 08hs AS 17hs

facebook email

Notícias

SUPERINTENDENTES DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS EM RESIDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SERGIPE REÚNEM-SE COM OS GESTORES DA ADEMA/SE.

SUPERINTENDENTES DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS EM RESIDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SERGIPE REÚNEM-SE COM OS GESTORES DA ADEMA/SE.

Na tarde dessa terça-feira 05/02, na Sede administrativa da Administração Estadual do Meio Ambiente - ADEMA/SE, os Superintendentes dos Consórcios Públicos em Resíduos Sólidos de Sergipe sendo eles representados por Edvaldo Ribeiro - CONSCENSUL*, Caio Marcelo Valença- CPAC, Evaldino Calazans - CONSBAJU, e Mario Albuquerque - COMBASF, foram recebidos pelo o Diretor Presidente da ADEMA o Dr. Gilvan Dias, e o Diretor Técnico Romeu Boto, ambos gestores da Autarquia Estadual do Meio Ambiente.

Na tratativa de pauta da reunião foram alavancados os principais pontos a serem resolvidos no tocante aos licenciamentos Ambientais das Unidades Públicas de Resíduos Sólidos do Estado de Sergipe, onde o órgão Estadual de Meio Ambiente - ADEMA, tem em sua missão institucional operacionalizar, a qual mais uma vez houve o comprometimento pelo o Dr. Gilvan Dias(Presidente), onde de forma exemplar em uma nova gestão eficiente e de diálogo, afim de solucionar os entraves burocráticos que permeavam nesse Estado.

A reunião teve como principais pontos a discursão sobre os “Grande Geradores de Resíduos Sólidos” uma vez que o poder público deve monitorar os estabelecimentos geradores dos mesmos. E o Licenciamento Ambiental Simplificado dos Galpões de Triagem para as Cooperativas de Inclusão nados Catadores, Centrais Regionais de Transbordos de Resíduos Sólidos, uma vez que para o perfeito funcionamento das cooperativas a licença ambiental é primordial e de grande valor, pois concederá a real condição de trabalho para com essa classe de trabalhadores brasileiros e sergipanos.